Notícias

Presidente Paulinho Feroz cobra mudanças na lei do comércio ambulante

15/03/2013

Presidente Paulinho Feroz cobra mudanças na lei do comércio ambulante
A reforma da Avenida Monumental vem desencadeando vários questionamentos no Legislativo aparecidense. Entre os apontamentos, o presidente Paulinho Feroz discursou na Tribuna da Câmara Municipal sobre a necessária revisão e aplicação da lei que versa sobre o comércio ambulante de Aparecida.

Feroz apontou o aluguel dos pontos na feira livre como um dos itens a ser revistos. "A lei, em seu art.9 determina quem pode exercer a atividade de ambulante, e é clara em afirmar que somente o titular da licença, filhos ou esposa, quando autorizados pela fiscalização, podem trabalhar no ponto. Nós precisamos é que seja mantido o objetivo inicial da feira: ser um meio de renda para as famílias que necessitam em Aparecida, e não um meio de enriquecimento através de alugueis e vendas de bancas com valores absurdos", disse.

O presidente afirmou ainda que se deve ficar atento ao local de disposição dos pontos, garantindo que se concentrem apenas nas vias já estipuladas por lei. De acordo com Feroz, tal medida favoreceria o comércio, pois concentraria os turistas em um mesmo ponto.

"Nós temos que nos organizar a partir de agora. Aproveitar a reforma que já está sendo feita para promover a organização da feira de Aparecida, favorecendo os ambulantes de nossa cidade", observou Paulinho Feroz.