Notícias

Sessão de Câmara marcada por esclarecimentos de secretários municipais

15/08/2010

Sessão de Câmara marcada por esclarecimentos de secretários municipais

Após passar meses sem receber resposta dos requerimentos apresentados, os vereadores de Aparecida, sob a presidência de Harlei Diniz, tomaram nova postura. Desde a última sessão ordinária, os vereadores estão convocando secretários municipais para prestar esclarecimentos das pastas.


O primeiro a estar presente na sessão foi o secretário municipal de Segurança Pública, Walter George Castro, que falou sobre a função da guarda municipal, seus objetivos, efetivo, patrulhamento, entre outros temas.


O presidente Harlei Diniz iniciou o questionamento apresentando denúncias que a Casa de Leis havia recebido sobre a não permanência dos guardas em seus postos de trabalho. Harlei Diniz também indagou sobre parte da verba já recebida e que deveria ser investida na aquisição de uniformes e sobre o aumento do efetivo.


"Sabemos que o nosso efetivo é pequeno e por isso a necessidade de manter o guarda no posto para o qual foi designado. Situações como a relatada na denúncia que recebemos não podem acontecer", disse o presidente da Câmara. Harlei completou: "eu sugiro que seja feito um estatuto para que a guarda passe a existir de fato e de direito, para que as funções sejam definidas e o serviço norteado".


O secretário Walter concluiu dizendo que "espero autorização do prefeito para abertura de concurso público para melhorar bem mais nossa atividade em todo o município". O comandante também disse que, "a cidade de Aparecida tem o monitoramento por câmeras mais completo da América do Sul, o que contribuiu para a redução da criminalidade e aumento de prisões em flagrante", concluiu.


Monitoramento: Também participaram da sessão de Câmara o tenente Marques e o Cap. PM Oliveira, que apresentaram estatísticas e explicaram como funciona o monitoramento feito por câmeras na cidade. Os vereadores já haviam realizado visita na sede do monitoramento quando conheceram o processo "in loco".